domingo, 13 de junho de 2010

Santo Antônio Galdinosaqua


Santo Antônio, nasceu em Lisboa em 15 de agosto de 1195, numa família de posses. Seu verdadeiro nome “Fernando de Bulhões” descendente da familia de Godofredo de Bulhoes, Era primogenito de uma família nobre, poderosa e rica. Os pais o encaminharam aos estudos, desejando que ele se tornannse um magistrado ou um bispo. Amava intensamente a oração, e Deus o atraía e ele não opôs resistência.

Aos 15 anos, deixa seu rico palácio, seus familiares, que são contrários, e trancou-se na abadia de São Vicente, na periferia de Lisboa, pertencente aos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Pouco tempo depois, foi transferido para uma outra abadia, o Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, que era a capital do reino de Portugal.

Em 1.220 ele mudou de Ordem Religiosa recebeu o burel franciscano, deixando pra atrás o seu antigo nome passando a se chamar Antônio, ou seja, “Frei Antônio”.

No final deste mesmo ano (1.220) vai a Marrocos, onde pretende realizar o sonho missionário pregar aos sarracenos. Após um ano de catequese nesse país, teve de deixá-lo devido a uma enfermidade e seguiu para a Itália.

Quando se recuperou, viajou para Assis, a fim de tomar parte no Capítulo das Esteiras (Pentecostes de 1.221) e aí teve seu primeiro encontro com São Francisco. Indicado professor de teologia pelo próprio são Francisco de Assis, lecionou nas universidades de Bolonha, Toulouse, Montpellier, Puy-en-Velay e Pádua, adquirindo grande renome como orador sacro no sul da França e na Itália.

Ficaram célebres os sermões que proferiu em Forli, Provença, Languedoc e Paris. Em todos esses lugares suas prédicas encontravam forte eco popular, pois lhe eram atribuídos feitos prodigiosos, o que contribuía para o crescimento de sua fama de santidade.

Com a saúde precária recolher-se ao convento de Arcella, perto de Pádua, onde escreveu uma série de sermões para domingos e dias santificados, alguns dos quais seriam reunidos e publicados entre 1895 e 1913. Dentro da Ordem Franciscana,

Em 13 de junho de 1231, após uma crise de hidropisia, Antônio morre a caminho de Pádua.

Foi canonizado em 13 de maio de 1232 (11 meses depois de sua morte) pelo papa Gregório IX.

Hoje sua veneração é muito difundida, principalmente em Portugal e no Brasil .

Padroeiro dos pobres e casamenteiro é invocado também para o encontro de objetos perdidos.

Nenhum comentário:

BASTA ACREDITAR - PODE TER SIDO VERDADE......

OBJETO TERIA SIDO VISTO EM SANTA CRUZ DO SUL



Os simpatizantes do movimento ufológico em Santa Cruz do Sul estão intrigados. Tudo porque no último domingo teria ocorrido um dos eventos que eles tanto esperam e têm como objetivo presenciar: a aparição de um objeto voador não-identificado (Ovni). O episódio teria sido presenciado e registrado pelo coordenador do Núcleo de Estudos Ufológicos de Santa Cruz (Neus), Rafael Amorim.

Font: jansle@gazetadosul.com

OUTROS PAISES