quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

SÃO SEBASTIÃO - Galdinosaqua


Sebastião se alistou no exército romano por volta de 283, com uma única intensão defender o Cristianismo. Era querido dos imperadores Diocleciano e Maximiliano, que o queriam sempre próximo, ignorando tratar-se de um cristão e, por isso, o designaram capitão da sua guarda pessoal - a Guarda Pretoriana.
Por volta de 286, a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos levou o imperador a julgá-lo sumariamente como traidor, tendo ordenado a sua execução por meio de flechas. Foi dado como morto e atirado no rio.


Porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por Irene (Santa Irene), foi depois levado novamente diante de Diocleciano, que ordenou então que lhe fosse espancado até a morte. Mesmo assim, ele não teria morrido.

Acabou sendo morto transpassado por uma lança. O bárbaro método de execução de São Sebastião fez dele um tema recorrente na arte medieval - surgindo geralmente representado como um jovem amarrado a uma estaca e perfurado por várias setas (flechas).


No Brasil, ele é celebrado com festas e feriados no dia 20 de janeiro como padroeiro de várias cidades.


Nenhum comentário:

BASTA ACREDITAR - PODE TER SIDO VERDADE......

OBJETO TERIA SIDO VISTO EM SANTA CRUZ DO SUL



Os simpatizantes do movimento ufológico em Santa Cruz do Sul estão intrigados. Tudo porque no último domingo teria ocorrido um dos eventos que eles tanto esperam e têm como objetivo presenciar: a aparição de um objeto voador não-identificado (Ovni). O episódio teria sido presenciado e registrado pelo coordenador do Núcleo de Estudos Ufológicos de Santa Cruz (Neus), Rafael Amorim.

Font: jansle@gazetadosul.com

OUTROS PAISES